top of page

As embalagens na logística

Neste post, trataremos um pouco sobre as embalagens e sua importância, formatos, para que servem e a relação com a logística e o marketing da empresa. Boa leitura.


A embalagem


O uso das embalagens tem um papel fundamental na logística, pois elas garantem a proteção dos produtos no armazenamento e também durante seu transporte, além de facilitarem na movimentação e manuseio. Devem ser desenvolvidas de forma a proteger as mercadorias contra avarias e evitar que haja perdas desses produtos ao serem movimentados.


As embalagens devem ser adequadas de acordo com cada tipo de produto, ou seja, observar sempre as características de cada um, por exemplo: peso, dimensões e fragilidade. Vale salientar que, um outro ponto não menos importante das embalagens é na otimização da logística, visto que, ajudam na organização da armazenagem, resultando em ganho de espaço tanto no galpão quanto nos veículos ao qual serão transportados, permitindo maior quantidade de produtos em um único itinerário de viagem, dessa forma contribui para a redução de custos e a maximização da eficiência nas operações.

Fone da imagem: freepik

Qual a importância das embalagens?


São importantes pelo simples fato de garantir a segurança dos produtos, e ajuda na prevenção contra a deterioração, protegem da luz, umidade, calor e outros fatores ambientais que possam afetá-los. Facilidade no empilhamento de múltiplos itens, principalmente nas operações logísticas que envolvem grandes volumes de produtos, como no caso de transporte marítimo, rodoviário e aéreo.


Fone da imagem: freepik

As embalagens servem também para identificar e rastrear as mercadorias, pois muitas das vezes trazem informações importantes como o código de barras, nome do produto, lote, data de validade e outras informações relevantes. Essas informações podem ser utilizadas para gerenciar o estoque e controlar o fluxo de produtos em toda a cadeia logística.


Tipos de embalagens


Existem diversos tipos de embalagens que podem ser utilizados na logística, mas para cada produto tem sua embalagem adequada, para os modos de transporte e ambientes de armazenamento. Vejamos algumas:


Embalagens de papelão ondulado: são as mais utilizadas na logística, por serem resistentes, leves e econômicas. Podem ser usadas para transportar produtos de diferentes tamanhos e formatos e são facilmente recicláveis.


Embalagens de madeira: são bastante resistentes e podem ser reutilizadas várias vezes, o que as torna uma boa opção para o transporte de produtos pesados e volumosos, como maquinários e equipamentos.


Embalagens de plástico: podem ser utilizadas para produtos que exigem maior proteção contra umidade e impactos, como alimentos e produtos químicos. Podem ser encontradas em diferentes formatos e tamanhos, como sacolas, caixas e tambores.


Embalagens metálicas: são bastante resistentes e podem ser usadas para transportar produtos que exigem maior proteção contrafogo, como produtos químicos e combustíveis. São encontradas em diferentes formatos, como latas, tambores e containers.


Embalagens flexíveis: são embalagens que se adaptam facilmente aos produtos que transportam e podem ser usadas para transportar alimentos, líquidos e produtos químicos. São encontradas em diferentes materiais, como polietileno, polipropileno e PVC.


Embalagens a vácuo: são embalagens que eliminam o ar do seu interior, reduzindo o volume dos produtos transportados e protegendo-os contra impactos e umidade. São utilizadas principalmente para alimentos.


Cada tipo de embalagem tem suas próprias vantagens e desvantagens, e deve ser escolhido de acordo com as necessidades específicas de cada produto e operação logística. A escolha da embalagem adequada pode contribuir significativamente para a segurança, eficiência e redução de custos da operação logística.


Formatos das embalagens


Os formatos podem influenciar diretamente a eficiência do transporte e no armazenamento dos produtos, pois cada embalagem deve ser desenvolvida de acordo com o tipo de produto como já mencionado anteriormente, mas quais são os principais formatos?

Fone da imagem: freepik


Vejamos nesta lista os principais:


Caixas: são o formato mais comum de embalagem na logística, pois são fáceis de empilhar e transportar. Podem ser encontradas em diferentes tamanhos e formatos, de acordo com as necessidades do produto transportado.


Pallets: são estruturas planas e retangulares que servem como base para o transporte e armazenamento de caixas e outros tipos de embalagens. Os pallets são projetados para serem facilmente carregados e descarregados com empilhadeiras e outros equipamentos.


Tambor: embalagem cilíndrica utilizada para transportar produtos líquidos, como petróleo, produtos químicos e alimentos. Os tambores são resistentes e podem ser facilmente transportados por caminhões e outros meios de transporte.


Bags: são embalagens flexíveis em forma de saco que podem ser utilizadas para transportar produtos a granel, como grãos, açúcar e cimento. Os bags são leves e ocupam poucos espaços durante o transporte e armazenamento.


Caixas isotérmicas: são projetadas para manter a temperatura dos produtos durante o transporte. Utilizadas para transportar alimentos, medicamentos e outros produtos que exigem um controle de temperatura rigoroso.


Ainda existem outros tipos de formatos que podem ser utilizados na logística, de acordo com a necessidade de cada produto, escolher adequadamente o formato das embalagens é imprescindível isso porque contribuem significativamente para a eficiência e segurança da operação logística.


Qual a relação das embalagens com o marketing?


Não é só simplesmente projetar uma embalagem, existem muitas coisas envolvidas no processo, visto que, a embalagem é o primeiro contato que os clientes têm com o produto, agora imagina só receber uma caixa sem identificação e sem um visual adequado? Com toda certeza teria um impacto não muito agradável para o consumidor, até mesmo passaria uma impressão de que a empresa não tem credibilidade, causando de certa forma uma má reputação daquela organização, pois bem, é aí que entra o marketing.


O departamento de marketing vai utilizar de técnicas do design na criação de um layout mais atrativo para aquele produto, ou seja, vai buscar forma de influenciar diretamente na decisão de compra através do visual.



Fone da imagem: freepik


Vejamos algumas das maneiras pelas quais a embalagem pode ser usada como uma ferramenta de marketing são:


1 - Atrair a atenção do consumidor: a embalagem deve ser atraente e se destacar na prateleira, para chamar a atenção do consumidor. Cores vibrantes, formas diferenciadas e design inovador podem ser utilizados para atrair o consumidor.


2 - Transmitir a mensagem correta: a informação deve ser clara e de fácil entendimento, para que o consumidor possa tomar uma decisão mais acertada quanto ao produto.


3 - Reforçar a marca: a embalagem deve refletir a identidade da marca e reforçar a imagem da empresa na mente do consumidor. Isso pode ser feito através do uso de logotipos, cores e fontes que são consistentes com a identidade da marca.


4 - Garantir a segurança do produto: a embalagem deve garantir a segurança do produto durante o transporte e armazenamento, evitando danos e garantindo que o produto chegue ao consumidor em perfeitas condições.


5 - Diferenciar o produto dos concorrentes: através de um visual mais atrativo e formato mais específico para aquela marca.


Conclusão:

A embalagem é um elemento crucial tanto na logística quanto no marketing de uma empresa. Na logística, a embalagem adequada é fundamental para garantir a segurança e a integridade do produto durante o transporte e o armazenamento, além de facilitar o manuseio e a organização nos centros de distribuição. Na área de marketing, a embalagem pode ser utilizada para chamar a atenção do consumidor, transmitir a mensagem correta sobre o produto, reforçar a marca, garantir a segurança do produto e diferenciar-se da concorrência.


Escolher a embalagem correta deve levar em consideração tanto as necessidades da logística quanto os objetivos de marketing da empresa. A embalagem ideal deve ser funcional, segura, atraente e capaz de transmitir os valores e benefícios do produto ao consumidor. Uma embalagem bem-sucedida pode ajudar a construir a imagem da marca e a gerar vendas, enquanto uma embalagem mal projetada pode causar danos à imagem da empresa e afetar negativamente o desempenho do produto no mercado.


Portanto, é importante que as empresas invistam em embalagens de qualidade, que atendam tanto às necessidades de logística quanto de marketing, a fim de garantir a satisfação dos clientes, a eficiência da cadeia de suprimentos e o sucesso do negócio como um todo.

98 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page